segunda-feira, novembro 18

Você está preparada para entrevista de emprego?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A preparação para esse importante passo na vida profissional é fundamental para o ingresso no mercado de trabalho

A entrevista de emprego é um passo muito importante para o ingresso no mercado de trabalho. Como estudantes, devemos buscar todas as informações possíveis para melhorar nosso desempenho em estágios e entrevistas. A preparação para esse importante passo na vida profissional é fundamental, por isso, conversando com pessoas experientes, especialistas e também estudando sobre o comportamento social/humano cheguei à conclusão que os resultados devem ser expostos para ajudar mais pessoas e conclui também que, por mais óbvio que pareça, não é fácil. Mesmo que você não seja estudante, ter essas informações será de grande valia porque ajudará e muito na sua qualidade de vida como um todo. Se você for um bom observador, essas informações poderão ser aplicadas em diversas áreas da sua vida.

Etapas do processo seletivo

Em processos seletivos existem etapas padrões que são, em sua grande maioria, a apresentação do currículo para saber das experiências, uma dinâmica, testes de conhecimento e a entrevista. Cada etapa tem sua razão, saber suas razões é importante para entender como se portar, vou explicar as etapas e também como se preparar para cada uma delas.

  • CURRÍCULO: É determinante para algumas vagas, pois selecionará pessoas aptas para o cargo com palavras e interesses chaves. Montar um bom currículo é importante e exige conhecimento tanto da empresa quanto de você mesmo (autoconhecimento), além de técnicas básicas que mudam de tempos em tempos. É sempre bom se manter atualizado sobre como montar um bom currículo. O seu currículo faz uma apresentação da sua carreira, das suas experiências, do que você sabe ou não fazer. Destine o currículo para a empresa e seja objetivo.

Currículo

  • DINÂMICA: Causa uma certa tensão no processo seletivo, mas é a oportunidade de quem te avalia ver como você trabalha em equipe, seu espírito de liderança e como se porta diante do público. Expõe características da sua personalidade, como você se porta, sua habilidade de comunicação e oratória, seu lado emocional e até mesmo suas manias. A empresa avalia quais características os candidatos podem ou não ter. É o momento de mostrar se o avaliador vai se identificar ou não com você sem nem ao menos ter lido seu currículo talvez. Por isso estudar, conhecer a empresa e como ela trabalha é importantíssimo para obter uma vaga, pois você saberá o que pode explorar ou não na hora da dinâmica.

Dinâmica de grupo

  • TESTES DE CONHECIMENTO: são feitos para saber seu nível de conhecimento sobre um determinado assunto, ramo ou área de atuação. Geralmente são feitas perguntas práticas da área, podem haver cálculos simples, redação, e alguns englobam testes psicológicos.

Testes de conhecimento

  • ENTREVISTA: Na maioria das vezes é a última etapa, onde o candidato pode ter perguntas técnicas e/ou perguntas pessoais para saber um pouco mais sobre você, sua personalidade, sua relação com os mais próximos, o quão atento/interessado você é com as coisas ao seu redor. A entrevista é o momento de contar sua experiência (quando lhe é perguntado), mostrar seu diferencial defendendo o que você é, deixar claro o quanto você quer a vaga, o quão empolgado e feliz está de ter chegado até ali. Sempre bem educado, bem vestido, sorridente e receptivo.

Entrevista de emprego

Você tem dificuldade em algum desses passos? Veja as possíveis soluções:

  • No caso do currículo, você pode corrigi-lo, pedir a outras pessoas para verificarem se está tudo certo, enriquecê-lo fazendo coisas novas e de interesse da área que quer seguir, buscar sites e softwares que o ajudam no design do currículo e estar atento à ortografia e coerência de informações.
  • Já no caso da dinâmica, o autoconhecimento é tudo. A insegurança é causada pela falta de confiança em si mesmo ou despreparo, que podem ser corrigidas com estudo do assunto, com experiência de outras entrevistas e preparação com ensaios e simulação de dinâmicas conhecidas. Procure ser mais interessado quando seus amigos contarem como foi o processo seletivo deles. Pense sobre o assunto e faça quantos processos seletivos puder para ganhar mais conhecimento e segurança. Se prepare e estude sobre a empresa, sobre o que ela vende, como ela vende, preço, mercado, ou o que for que ela faça, seja INTERESSADO. Não vá esperando um milagre. A “sorte” só vem pra quem está preparado.
  • O teste de conhecimento é justamente você estudar a fundo o tema. Um exemplo: se você vai para um processo seletivo de consultor em uma empresa de fertilizantes, você vai estudar sobre fertilizantes: tipos, quais os mais comuns, para que servem, como atuam no geral, importância comercial, quais culturas a empresa mais presta serviço, cálculo de adubação, entre outras coisas que englobam o dia a dia de um consultor. Já quanto aos testes psicológicos, existem inúmeros tipos. Foque no que está pedindo.
  • Na entrevista, tenha atenção com a aparência e na maneira como se porta diante do entrevistador e o conhecimento que você demonstra ter. Se perguntarem coisas técnicas, e você tiver estudado como deveria, já não terá muitos problemas. Caso perguntem sobre você, não minta. Os responsáveis pela entrevista sabem quando você ment Não vale a pena chegar até a entrevista e ser desonesto consigo mesmo e com quem está te dando a oportunidade de entrar na empresa. Estudando a empresa e suas necessidades, você consegue ter uma noção do perfil do profissional exigido para o cargo. Tudo depende também do perfil da empresa. Fique atenta!

 Autoconhecimento é tudo

Não se esqueça das suas habilidades e de avaliar se você realmente se conhece. Se não sabe quais são as suas habilidades e do que você é capaz, faça de tudo para aprender na prática como você é. Existem testes de autoconhecimento, material disponível e mentorias que podem te auxiliar nessa etapa. Quando nos conhecemos verdadeiramente, sabemos o que somos ou não capazes de fazer, temos maior confiança e segurança em nossas habilidades, sentimos menos medo, arriscamos e criamos mais, entre outros benefícios. Estudar sobre você e trabalhar o autoconhecimento também é muito importante.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Paôla Mírian

Estudante de Agronomia, estagiária em marketing, conteúdo e SEO no Agromulher.

Deixe Seu Comentário