segunda-feira, dezembro 10

Reinvente-se!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Não sei se você se lembra da Rádio Relógio AM. Para quem não faz ideia do que estou falando, era uma rádio que, basicamente, transmitia… a hora! Quando eu era criança, se queríamos acertar os relógios, ligávamos o rádio, sintonizando sta Rádio. Acredite, ela foi por décadas, uma das mais interessantes rádios que o Rio já teve. Principalmente por conta de inúmeras curiosidades típicas de enciclopédias, sempre ceom o inesquecível bordão: “Você sabia?”. E mantinha um som constante de relógio durante a programação.

Mas o que isso tem a ver com a ascensão que buscamos na nossa carreira, ou melhor ainda, na nossa vida como um todo? Bem, nesse contexto enciclopédico quero trazer mais um episódio do “Você sabia?”.  Fique comigo!

Acredita-se que o primeiro elevador tenha sido construído em Roma no século I a.C., por um engenheiro chamado Vitrúvio. E até o século passado, elevadores eram utilizados somente para transportes de cargas. Por que? Porque quando o bendito cabo, corda, sipó, ou o que quer que fosse, se arrebentava, tudo despencava. Ninguém queria – e  nunca vai querer – estar preso numa caixa de ferro em queda livre. Somente após Elisha Graves Otis inventar o dispositivo de segurança, que entra em ação quando os cabos se rompem, foi possível pensar no elevador como um transporte de pessoas. E quando o primeiro foi instalado em Nova York em 1857, as pessoas vinham de longe para experimentar a novidade.

Não sei se você atentou para isso, mas o motivo pelo dos prédios construídos até o final do século passado terem no máximo 7 andares de altura, não era tanto a limitação de material e tecnologia de construção, mas sim o fôlego. Devia-se ao fato de um ser humano não aguentar subir mais que isso pelas escadas. Somente após o dispositivo de segurança, os prédios, e consequentemente as pessoas, puderam ir mais alto. Ou seja, até então a limitação era a capacidade humana!

Todos querem subir na vida! Olhamos pessoas que subiram muito na vida e desejamos ser como elas.  Para muitos, falta entender que, humanamente falando, todas têm a mesma limitação que você e eu temos, todas passaram pelo mesmo processo inicial de aprendizado. E, só puderam ir mais alto, porque inventaram e reinventaram seus “elevadores”. Essas pessoas, que hoje têm sucesso, passaram anos investindo em desenvolvimento pessoal, colocando-se em ação e buscando a melhor estratégia. E é exatamente por isso que elas subiram tanto.

Assim como a tecnologia avança, novos conhecimentos de desenvolvimento pessoal surgem. Não sei se você ainda está se cansando de subir escadas ou se já perdeu o fôlego, mas eu quero lhe fazer um convite a usar o elevador e chegar mais alto e mais rápido!

Foque no crescimento, considere sua área de atuação, suas necessidades, identifique as competências que você precisa melhorar e, com base nisso, leia bons livros, inscreva-se em cursos, busque um coach com o qual você se identifica, faça parte de um grupo de pessoas determinadas e com o mesmo objetivo de crescimento pessoal. 

Em qualquer subida, perdemos o fôlego. Por isso precisamos de pessoas ao nosso redor e recursos, que irão nos apoiar, caminhar conosco unidos na mesma intenção de chegar no alto.

Para terminar, a reinvenção também acontece de forma criativa. Anos depois de Otis, as pessoas passaram a reclamar que os elevadores eram muito lentos.  A solução? Aquele monitor dentro do elevador, o que fica passando propagandas. O tempo de subida continuou sendo o mesmo, mas você se entretém com algo e parece que foi mais rápido.

Aproveite a subida! Aproveite sua jornada. Entenda que crescer não é um fardo! A busca do seu objetivo te transforma!

Então por que reinventar-se te leva mais alto?

Reinventar-se liberta você das limitações humanas que hoje não deixam sua carreira ir mais alto!

E se você quer começar essa ascensão agora, conheça o #together e encontre as pessoas que vão te apoiar, que também querem chegar no alto. Leia mais sobre o #together aqui.

Gostou? Fez sentido para você? Então vamos espalhar o bem, compartilhe e marque alguém que vai se beneficiar com estas dicas.

Te desejo sucesso!

Compartilhar.

Sobre o Autor

Leandro Passos

Atua como Coach de Carreira e Alta Performance, ajudando pessoas sobrecarregadas e sem tempo a realizarem seus mais importantes projetos profissionais e pessoais, tendo ainda mais tempo para quem amam.

Deixe Seu Comentário