Qualidade de sementes: o primeiro passo para uma produção de sucesso

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A produção de uma semente de qualidade começa na implantação dos campos de produção de sementes, onde temos que utilizar materiais de alta qualidade, que geram plantas de alto vigor e que terão certamente um desempenho superior

 

SEMENTES DE QUALIDADE

Quando falamos em implantação de uma cultura, quase que de forma imediata, o produtor pensa na semente e exige que esta seja de qualidade. Afinal, a semente é a responsável por levar ao campo todo potencial genético que pode ser expresso naquela área de produção em determinada safra. Portanto, produzir uma semente de qualidade, nos dá segurança de que quando esse material for para o campo, ele terá um vigor que ajudará no arranque inicial mesmo em condições de estresses, gerando plantas de alto desempenho, que consiste em uma taxa de crescimento maior, um sistema radicular mais profundo. Todas essas características, propiciam uma planta de alto potencial produtivo, maior número de vagens, grãos e PMS (peso de mil grãos).

Mas além de uma semente de qualidade, é preciso que ela seja semeada no momento e na posição correta. Para que isso ocorra, o produtor também precisa estar atento na semeadura, verificar as regulagens da semeadora (profundidade e distribuição das sementes) e a velocidade de plantio, que irá impactar na melhor distribuição em campo.

Resumindo, a qualidade da semente de soja é baseada em 4 pilares básicos:

1 – Qualidade fisiológica: diz respeito a germinação e vigor do lote;
2 – Pureza genética: material sem misturas varietais;
3 – Qualidade sanitária: livre de patógenos (fungos, bactérias…), que muitas vezes chegam às lavouras por meio das sementes;
4 – Pureza física: livre de material inerte (torrões, galhos de plantas, insetos).

POTENCIAL PRODUTIVO

Quando o produtor utiliza uma semente que está dentro dos padrões exigidos de qualidade fisiológica e sanitária, pureza genética e física, e principalmente com alto potencial de germinação e vigor (que diz respeito ao primeiro parâmetro de qualidade citado), esse produtor, provavelmente, obterá um excelente estabelecimento inicial da sua lavoura, desde que a semeadura também seja realizada de forma correta.

A partir daí está definido o potencial produtivo que consiste em:

1 – Sementes de qualidade;
2 – Cultivar (que contém a genética);
3 – Regulagens da Semeadora;
4 – Velocidade de plantio;
5 – Espaçamento entre plântulas.

Atualmente, existem várias cultivares a disposição do produtor no mercado, por isso torna-se determinante a observação de parâmetros como adaptabilidade à região e tipo de solo para a escolha da cultivar mais adequada de acordo com a realidade de cada produtor e até mesmo nos talhões dentro da mesma propriedade.

Existem muitos estudos que comprovam que o vigor impacta na produtividade final, alguns falam em um incremento de até 10%, outros que a cada 1 ponto de vigor, pelo menos 0,5 a 1 sc/ha de produtividade.

SOBRE A SEMENTES ROOS

Com seu centro administrativo localizado na cidade de Não-Me-Toque, no Rio Grande do Sul, a Sementes Roos desde 1963 vem colaborando com a agricultura brasileira. É a maior produtora de sementes de trigo e soja do Rio Grande do Sul e está entre as maiores do país.

Com um pacote tecnológico sofisticado, as sementes chegam ao produtor, com garantia através de muita pesquisa e tecnologia para entregar ao produtor sementes de alto vigor, com adaptação ao solo e ao clima de cada região.

Armazenagem e comercialização de grãos também é um forte da Sementes Roos, com 11 unidades de recebimento totaliza uma capacidade de armazenamento de 540 mil toneladas de sementes ou 9 milhões de sacas.

Conheça a Sementes Roos assistindo o vídeo abaixo.

Além do site, você também pode acompanha-los através das redes sociais:

Instagram
Facebook
LinkedIn

Artigo produzido por: Gustavo Bellodi Cação e Maykon Morilha, Engenheiros Agrônomos da Sementes Roos.
Adaptação: Marluce Corrêa e Paôla Mírian.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Paôla Mírian

Estudante de Agronomia; Gerente de Marketing da Rede Agromulher.

Deixe Seu Comentário