terça-feira, agosto 21

Plantar vida: semear sonhos para produzir sucesso

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Após participar de um curso sobre plantio, como sempre aprendi coisas interessantes sobre o setor agrícola, e quanto mais conheço, entendo e vivo o agronegócio, mais me torno apaixonada por esse ramo tão nobre. Mas o que foi ainda mais importante do que os conhecimentos técnicos, foram as grandes lições de vida que aprendi, de como plantar meus dias e colher meus sonhos.

Quando se fala em sonhos, depois de plantados no solo do desejo intenso e verdadeiro, é esperado que esses quando concretizados sejam de alta produtividade. E ainda mais, que essa produtividade seja crescente e os sonhos se agigantem. E a primeira lição que aprendi no curso citado foi: para aumentar a produtividade é necessário ter “ações desde o início que potencializem a produção” (Roberto Jasper). Um conjunto de ações efetivas se constrói por meio de um objetivo claro, ou melhor, um sonho baseado no desejo mais profundo. Após essa definição, é feita a elaboração de um planejamento através e a partir do qual as ações serão definidas. Estabelecer e ter ações, sem um objetivo definido e um planejamento que norteie os passos, significa desperdiçar uma energia que poderia ser empregada com foco e resultados positivos.

Também aprendi que é preciso fazer algo para mudar o meio. Se a realização dos sonhos não trouxer mudanças para o sonhador e para as pessoas, principalmente para o meio onde vive e se realiza, esses não terão sentido e base para se tornarem altamente produtivos. E quando se fala em mudança, ela se inicia no próprio dono do sonho, no produtor que planta diariamente sua vida. É ele quem fará as melhorias, e plantando seus dias assumirá a responsabilidade de colher seus sonhos e de mudar para melhor tudo a sua volta.

O plantio que trará alta produtividade demanda atenção em vários detalhes, e para isso é indispensável a certeza do sonho, visão do futuro, o planejamento, a implementação de ações diárias e foco no presente para que a execução seja realizada de forma satisfatória. Durante o plantio dos nossos dias na lavoura fértil do nosso propósito de vida, que irá resultar na colheita dos nossos mais grandiosos sonhos, é requerido cuidados como: regulagem da semeadora, velocidade de plantio, condições do solo, profundidade em que a semente é colocada na terra e qualidade dessa semente.

A regulagem da semeadora é feita antes de dar início ao plantio, e para isso é preciso saber onde nossos dias serão plantados e que semente queremos plantar. Nesse momento entra a definição da semente (sonho), e o planejamento que norteará as próximas ações (onde, como, quando). Aqui é o momento de conhecer as condições do solo (autoconhecimento) e então o sonho, o qual deve ser de acordo com os próprios valores e a partir do que fará sentido para a sua vida (semente de qualidade).

Quando se está na lavoura, plantando cada ação, a velocidade e a profundidade de plantio determinará muito a eficiência e até mesmo a emergência ou não dessas plantas. Se cada detalhe for devidamente observado e planejado desde o início, cada desacerto for corrigido ainda no momento do plantio. Se for dada a devida condição e empregado o devido amor pelo plantio dos dias, mesmo com intempéries e obstáculos, o nascimento dos sonhos acontecerá.

Sendo assim, o proprietário do sonho precisa estar atento aos seus dias e a cada volta das engrenagens da sua própria máquina, pois é no hoje e na qualidade do que se planta aqui e agora que se define a colheita de tudo o que foi idealizado.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Vanessa Sabioni

Graduada em Egenharia Agrônoma e Mestre em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa – MG. Atualmente cursa o MBA em Marketing ministrado pela Esalq-USP. CEO e Fundadora da Rede Digital AgroMulher.

Deixe Seu Comentário