quinta-feira, novembro 15

O que sua rede de contatos tem a ver com sua carreira?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Tudo! Absolutamente tudo! Eu sempre soube que a nossa rede de contatos é um dos nossos maiores bens. Não só pela questão pessoal, da amizade, companhia para almoçar, os happy hours, as viagens, as histórias, mas também pelo lado profissional, A vida inteira conheci pessoas que me auxiliaram em minha carreira e com quem eu pude contar sempre que precisei de uma informação, de uma recomendação, de uma oportunidade e até de uma ideia.

E a vida inteira sempre fui estimulada e estimulo as pessoas a manterem acesas suas redes de contatos diariamente, não só quando estamos precisando! Separe um tempinho na agenda para dizer um oi para os colegas do emprego anterior, tomar uma cerveja com os amigos da faculdade, almoçar com os amigos de infância, fazer contato com alguém que você não conhece, mas admira pelo Linkedin, curtir e comentar um artigo legal, trocar cartões com pessoas da sua área em um evento. Nós nunca perdemos com isso, sempre alguém tem alguma coisa a nos acrescentar, a nos ensinar.

Durante minha formação como coach me deparei com uma pergunta e uma resposta dada por um dos maiores coaches da atualidade, que me fizeram ver a Universidade sob uma nova perspectiva. Atualmente, nesse mundo globalizado e com essa oferta de informação em todas as mídias, talvez o papel principal da Universidade não seja mais ensinar e sim conectar pessoas! Aprender a conviver, a pensar, a escutar e a refletir novas ideias, ideias divergentes das suas, criar soluções em conjuntas, encontrar mentores e parceiros de negócios.

Falando de mim e mais propriamente da Esalq, onde tive a felicidade de estudar, não vejo outra forma melhor de definir a relação entre professores, alunos e ex alunos! Sabemos da excelência no ensino, mas tanto quanto, sabemos a força da amizade e da ligação dos Esalqueanos e como isso faz uma total diferença na nossa vida profissional!

Dei como exemplo a Esalq, mas isso serve para todos! A indicação de um professor, a experiência de um amigo de república que já está no mercado de trabalho, o acolhimento numa cidade nova por alguém que às vezes você nem conhece mas estudou na mesma faculdade que você e te trata como o melhor amigo dele, a indicação para uma vaga feita por aquele colega de estágio, aquela informação que você precisa urgente e lembra que um amigo de sala trabalha exatamente com aquele assunto, tudo isso vale ouro e faz a diferença na sua carreira.

Meu orientador de estágio na Esalq dizia que nós não precisamos saber todos os assuntos, precisamos sim conhecer quem sabe! E aprender isso cedo fez uma grande diferença na minha vida. Depois de formada, morei em muitos estados e trabalhei em diversas empresas do Agro, e sei bem o valor de poder contar com o apoio, a acolhida, com os ensinamentos e ajuda da minha rede de contatos.

Depois de quase 12 anos de formada, tive o prazer de conhecer pessoas incríveis, que me ensinaram e direcionaram minha carreira. Fiz pouquíssimos processos seletivos. Sempre contei com a indicação de um amigo ou uma boa referência de empresas e gestores anteriores. Antes mesmo de estar formada, consegui meu primeiro emprego graças ao networking criado durante minha época de estágio.

E hoje, há um ano como Coach de Carreiras Agro, tenho o prazer de retribuir tudo isso que eu tive, dividindo meus conhecimentos, experiências e networking com aqueles buscam um objetivo maior em suas carreiras. E posso dizer que meu maior tesouro, o que mais faz diferença no meu trabalho hoje, e fez durante toda a minha vida profissional, foram as pessoas que eu conheci.

Dizem que o Agro é um mundo pequeno onde todo mundo conhece todo mundo! Pronto, uma boa prosa pode mudar a sua vida!

Quer saber mais em como desenvolver sua rede de contatos ou como utilizá-la a favor de sua carreira, me mande uma mensagem!

Compartilhar.

Sobre o Autor

Carola Magnabosco

Coach especializada em Carreiras pela Sociedade Brasileira de Coaching. Economista pela Esalq/USP, com MBA em Gestão Estratégica e Marketing. Experiência de dez anos atuando com gestão, projetos e inteligência de mercado em grandes consultorias e grupos agropecuários.

4 Comentários

  1. Me formei no final do ano passado e hoje estou vendo como a rede de contatos é importante. Estou em busca do primeiro emprego e venho encontrando muita dificuldade, recebi algumas indicações mas não deram certo. Como faço para utilizar minha rede de contatos para conseguir o tão sonhado primeiro emprego?? Beijos e obrigada.

  2. Carola, concordo com você. Cultivar a rede de contatos, sejam elas conquistadas por relacionamentos pessoais, profissionais ou através de conexões pela internet sempre podem trazer benefícios para todos. Troca de conhecimentos, experiências e até mesmo para ajudar-nos dando força e apoio em situações de desconforto pessoal ou profissional.
    Passo por momento de transição de carreira e busco recolocação no mercado, observo que temos pessoas que torcem pela gente e que procuram de verdade nos apoiar. Infelizmente outras passam sem te reconhecer.
    Costumo sempre mandar um Alô, Tudo bem com você?, Parabéns! para reforçar que apesar do tempo ou distância, estar presente, como Ser Humano, será sempre importante.
    Saúde e sucesso!
    Aproveitei para registrar seu telefone e e-mail em meu celular.
    Abraço.

    • Carolina Magnabosco em

      Olá Marcelo, é isso mesmo! Um alô faz a diferença!
      Já passei pela transição de carreira e sei o quanto o momento é delicado, não pelo fato da recolocação, mas tbm a nossa própria aceitação e aceitação da família e amigos, o desenho do novo plano de carreira, novos contatos, etc.
      Se precisar de auxílio ou de uma boa conversa, estou à disposição! Me diga olá no whats p/ eu salvar seu número tbm! Abs, Carola

Deixe Seu Comentário