sexta-feira, setembro 21

Mulheres no Agronegócio – Seus Hábitos pessoais podem afetar o sucesso de seu negócio

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Saiba identificar o que desencadeia resultados negativos e como evitá-los

Nossos rituais definem o sucesso do nosso negócio.
Identificar os rituais que nos empoderam e os que nos enfraquecem é o dever de toda mulher empreendedora, pois são eles que vão nos direcionar para atingirmos o sucesso em nossa vida pessoal e profissional. Tony Robbins, escritor e palestrante motivacional americano, nos mostra, de forma simples, como utilizar nosso foco para ter sucesso. Com uma simples alteração podemos fazer e obter maravilhas.

Mas o que são rituais?

Rituais nada mais são do que sequências de hábitos que fazemos no “modo automático”, sem pensar muito sobre eles. Por exemplo, quando você acorda, deve ter um ritual que faz sem nem pensar. Tony Robbins diz que todos nós temos rituais incorporados quando estamos no ápice de nossas emoções. Por exemplo, antes de ficar triste, uma pessoa pode ter o ritual de focar em algo que não lhe agrada, fechar a cara, olhar para baixo, respirar superficialmente, entre outros.

Existe uma parte em nosso cérebro, chamada SAR (Sistema de Ativação Reticular), que nos faz perceber tudo que está relacionado com nossa visão da vida, buscando e separando informações que são relevantes para você. Então, se você pensar em coisas boas, elas tendem a acontecer, mas, se pensa negativamente, você tende a atrair coisas negativas. Portanto, eleve o seu padrão de pensamento. Elimine a palavra tentar e comece a agir em prol de seu objetivo.

Nosso comportamento e nossas atitudes são o resultado de tais rituais. Quanto mais você pensar em tristeza, mais deprimida você ficará. Nossos padrões de pensamento, literalmente, estruturam nossa vida e moldam nossa história na medida em que são os responsáveis, na maior parte do tempo, pelo que fazemos ou pensamos.

Inicie neste momento um minuto de reflexão e pense:

O que tenho que fazer?

Em que tenho que pensar para que possa me sentir bem?

Qual o meu ritual até chegar a cada um dos meus objetivos?

E quais os gatilhos ou âncoras que dão início a esses rituais?

Se desejo ter mais lucro em meu negócio, quais rituais tenho realizado diariamente?

Meus rituais são de uma pessoa que faz gestão, que administra a parte financeira, que poupa e investe?

Ou em seu ritual não tem nenhum controle sobre seu dinheiro?

Após pensar nessas respostas, você saberá se o seu ritual de vida atual está te levando ou não ao objetivo desejado.

A ideia de Tony Robbins é que tenhamos uma receita, passo a passo, por meio da qual acessamos as emoções positivas e negativas. Assim, quando percebemos que estamos entrando em uma emoção negativa saberemos identificar que estamos iniciando o ritual e poderemos interromper seu processo. Eu, por exemplo, todos os dias, assisto a um vídeo motivacional, pois isso eleva meu pensamento de forma exponencial, também faço uma oração o que me transmite paz e tranquilidade para enfrentar as variáveis do dia.

Os rituais são hábitos. Portanto, para quebrá-los precisamos ser consistentes. Devemos realizar nossas tarefas incorporando nossos novos hábitos de forma sistemática para obter um novo padrão comportamento que eleve os seus padrões e ajude a atingir uma alta performance.

É importante saber que um hábito só é quebrado quando deixamos de fazê-lo e o substituímos por outro de forma definitiva. E essa decisão depende apenas de você! Nossos rituais nos definem diariamente, por isso, pense em quais são suas decisões diárias, quais os resultados que você tem obtido até agora, e reflita se eles são correspondentes ao que você está buscando.

Neste exato momento como você se sente? Está satisfeita com suas realizações? Quer melhorar seus resultados? Mude seu ritual pessoal, mude seu foco e seja mais feliz!

Tathiane Silva é Embaixadora RME, Coach, Empreteca, Eneagramada, Escritora, Palestrante, Conselheira CMEE, Coordenadora MDBrasil, Fundadora da Empresa ADAPTH, Capacitada em Neurospicopedagogia e Granduanda em Gestão do Agronegócios.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Tathiane Silva

Deixe Seu Comentário