Dezembro Laranja e o Agro: onde há pessoas precisa haver prevenção

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Profissionais do agro, que estão diretamente expostos ao sol, devem colocar os cuidados com a pele como prioridade na sua rotina. E o “Dezembro Laranja” vem nos lembrar, justamente, da importância desta prevenção ao câncer de pele

Texto: Marluce Corrêa Ribeiro – Jornalista e Redatora do Portal Agromulher

O mês de dezembro traz, além de luzes de natal e dos tradicionais presentes de amigo secreto, um importante alerta para toda a população. Desde 2014, por iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o mês de dezembro tornou-se o mês de conscientização sobre o câncer de pele, a fim de reafirmar os riscos da exposição desprotegida ao sol. O “Dezembro Laranja” vem como um alerta sobre os cuidados com a pele, que devem ser constantes e ininterruptos, independente do mês do ano, do trabalho, das férias ou do local de atuação.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2020 os números de câncer de pele no Brasil são preocupantes. A doença corresponde a 27% de todos os tumores malignos no país. No agronegócio, a atenção deve ser redobrada, uma vez que a exposição ao sol é, muitas vezes, diária e intensa.

Segundo a médica dermatologista Dra Paula Penna Peres, que realiza atendimentos também pela plataforma DermatoVirtual, a incidência de câncer de pele é muito maior em pessoas que trabalham no campo.

Segundo a Dra  Paula Penna, é imprescindível que as mulheres e os homens do agro “tomem consciência da prevenção do câncer de pele, por meio de medidas fotoprotetoras, como usar camisa de manga comprida e chapéu, diariamente, se você trabalha no sol, deve  usar protetor solar nas áreas que estão expostas. Além disso, a pessoa deve tomar a consciência de fazer um autoexame, se olhar no espelho e observar se tem alguma mancha nova na pele e, se tiver, procurar um dermatologista para um diagnóstico correto”.

Quanto aos aspectos que precisam de atenção, a médica destaca que feridas que sangram e não cicatrizam e manchas pretas ou acastanhadas que estão crescendo ou não existiam no ano anterior, são motivos para buscar um médico especialista. Por isso, a importância do autoexame. Conhecer seu corpo permite que você reconheça rapidamente qualquer mínima alteração que pode ser sinal de algo sério, como o câncer de pele, que se identificado precocemente, tem mais de 90% de chance de cura.

Sobre o câncer de pele

Segundo a SDB, o câncer de pele é provocado pelo crescimento anormal das células que compõem a pele.  Existem diferentes tipos de câncer de pele e eles podem se manifestar de formas distintas, sendo que uns são mais comuns (carcinomas) e possuem altos percentuais de cura se diagnosticados e tratados precocemente; e outro tipo (melanoma), apesar de ser menos incidente, é mais agressivo.

A prevenção ao câncer de pele começa por pequenos hábitos diários, como o uso de protetor solar, bonés ou chapéus e camisas de manga longa sempre quer for ficar exposto ao sol. A busca por um dermatologista deve ocorrer sempre que você identificar alguma alteração na pele.

Em tempos de pandemia, muitas pessoas deixaram de seguir consultas médicas de rotina e ficam até com receio de buscar um médico. Uma das alternativas para quem precisa se consultar com um médico dermatologista, mas  não deseja sair de casa para isso, é o uso de plataformas virtuais de consultas, e no caso da área da dermatologia, a plataforma DermatoVirtual realiza esse trabalho com excelência e inovação. Inclusive, esse acesso remoto aos pacientes, permite que haja uma continuidade no acompanhamento médico até mesmo daqueles que estão em isolamento devido à pandemia.

Então, se você viu alguma alteração na pele e precisa de uma consulta com um dermatologista mas não quer sair de casa, pela plataforma DermatoVirtual você realiza uma consulta com um (a) especialista que vai te orientar da melhor forma. A médica, Dra Paula Penna,  nos conta sua experiência como dermatologista que atende pela plataforma. “O paciente pode, por exemplo, mandar uma foto dessas manchas novas, que não existiam no ano anterior, e podemos orientá-lo se ele deve retirar ou fazer uma biopsia, ou se pode ficar tranquilo e não precisa fazer nada, somente observar”, relata ela.

A possibilidade do envio de fotos ao médico, diretamente como parte de uma teleconsulta, faz parte de uma grande mudança comportamental trazida pela pandemia. Toda essa mudança tem gerado uma nova forma de relacionamento entre paciente e médico, e uma proximidade, mesmo em tempos tão difíceis. Para nós, mulheres do agro, esse fácil acesso aos médicos, incluindo dermatologista, pode contribuir muito para que não deixemos para depois o que mais importa. Afinal, nossa saúde deve ser prioridade e, nesse caso, os cuidados médicos estão ao alcance das nossas mãos.

“Dezembro Laranja” no Agro

Nesse mês da campanha do “Dezembro Laranja”, devemos usar nossa voz e nosso lugar de fala para lembrar a todos e todas o quanto devemos cuidar da nossa saúde. Em um ano tão atípico e desafiador, a saúde ganhou ainda mais posição de destaque. Começamos a nos cuidar de inúmeras novas formas, mas não devemos esquecer o básico e o que também é extremamente importante. Lembrem-se: nosso “kit sobrevivência” do mundo atual, além da máscara e do álcool gel, precisa ter o protetor solar e o chapéu.

E é esse recado que a Médica Dermatologista Dra Paula Penna deixa a todas as pessoas do agro. “Primeiro, procure se cuidar, protegendo sua pele do sol com roupas de manga e chapéu, e use protetor solar nas áreas expostas. Aproveite o momento após o banho, para se examinar. A saúde é nossa melhor herança. Aprenda a cuidar de si. Ao aparecimento de qualquer lesão nova, procure um especialista. O câncer de pele, quando diagnosticado precocemente, é altamente curável. Lembre-se: sua saúde é seu maior bem. E ter saúde é resultado da qualidade de vida. Não é porque você trabalha no sol, que não pode se cuidar. Justamente por isso, você DEVE se cuidar mais”, finaliza.

Acompanhe as redes sociais da Agromulher e fique ligada(o) no conteúdo sobre o “Dezembro Laranja”. A sua pele agradece!

Sobre a DermatoVirtual

A DermatoVirtual é a única plataforma de teledermatologia do Brasil. A plataforma, altamente comprometida com o cuidado dos pacientes, ajuda no diagnóstico online e no tratamento de problemas de pele, unhas e cabelos. Essa plataforma foi criada com intuito de facilitar a vida de pacientes em geral, com acesso online a dermatologistas experientes e capacitados, além de ampliar o consultório do dermatologista para além dos horários padrão de sua clínica, com a comodidade de gerenciar sua agenda e poder dar assistência a seus pacientes aonde quer que eles estejam.

 

Compartilhar.

Sobre o Autor

AgroMulher

A Rede Digital AgroMulher nasceu com o propósito de gerar resultados por meio da democratização de informações de qualidade e, assim, promover o crescimento de profissionais ligados ao agronegócio.

Deixe Seu Comentário