Como motivação para mulheres é uma arma no mercado de trabalho?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A satisfação profissional é um resultado direto da motivação. Quanto mais empenhada uma pessoa está para realizar uma tarefa, melhor será o resultado. Pensando nisso, não é surpresa dizer que ambientes de trabalho que mantêm os funcionários motivados conseguem colher os melhores frutos.

Motivar mulheres no ambiente de trabalho pode se tornar uma arma, tanto para as empresas quanto para as profissionais. Afinal, uma mulher motivada passa a desempenhar melhor suas funções e atribuições, e pode, inclusive, contagiar toda a sua equipe para também obter resultados positivos.

Quer saber como mulheres motivadas contribuem no ambiente de trabalho? Continue lendo, e confira dicas para usar essa estratégia a seu favor!

A motivação no trabalho ajuda a otimizar as atividades

Abraham Maslow definiu a Pirâmide de Maslow, dividindo as necessidades humanas em cinco categorias: fisiológicas, segurança, sociais (amor e relacionamentos), estima e realização pessoal. Cada uma dessas etapas é fundamental e, quando uma é atingida, naturalmente partimos em busca da seguinte.

A motivação é uma ferramenta para promover nas pessoas o desejo de subir de nível. Enquanto existe essa expectativa de crescimento e da conquista das recompensas recebidas por ascender na pirâmide, a mulher tende a se manter disposta. Profissionais motivadas trabalham mais e melhor, já que estão mais profundamente envolvidas com suas tarefas e com os objetivos da empresa.

Fomentar a motivação para mulheres envolve adotar métodos que ajudem-nas a avançar nessa hierarquia. Desse modo, é preciso mudar o enfoque operacional sobre as funcionárias para um modelo estratégico, gerando situações e recompensas motivacionais e, consequentemente, elevando o desempenho organizacional.

A mulher interessada em aumentar sua motivação também deve estudar esses cinco níveis, para então buscar formas de atendê-los e alcançar sua própria realização pessoal e profissional. A pirâmide de Maslow também é uma excelente ferramenta para líderes e gestoras de equipes, pois apresenta alternativas para motivar suas colaboradoras.

Ajuda a construir a cultura colaborativa

Mulheres que conseguem se motivar e motivar suas equipes ganham diferenciais competitivos — além, é claro de trabalharem melhor! Gestoras realmente competentes, afinal, são aquelas capazes de unir suas equipes em prol de um mesmo objetivo.

Como líder, seu papel é guiar os demais profissionais a dar o melhor de si em suas funções. Você também é fundamental na hora de ajudar a levantar o astral em épocas de crise, evitando que atmosferas de pessimismo surjam entre os colegas e influenciando as pessoas positivamente.

Quando a motivação da equipe é visada, desenvolve-se uma cultura empresarial colaborativa. Afinal, os profissionais tendem a perceber que a empresa e sua gestora estão focando no bem-estar delas e, consequentemente, tentarão retribuir melhorando sua performance.

Pessoas motivadas são mais satisfeitas, e geralmente são mais abertas e bem-humoradas. Essa motivação aumenta a autoconfiança, e o clima de otimismo certamente melhorará as relações e o trabalho em equipe.

Incentiva a busca por capacitação

Embora a tecnologia esteja presente em quase todos os setores organizacionais e seja um dos grandes motores de crescimento da atualidade, são as pessoas que movem as organizações. Dessa forma, quando todas as pessoas estão motivadas em prol de um objetivo comum, o resultado é uma empresa alcançando cada vez mais sucesso.

Para que as mulheres da sua empresa se sintam motivadas, é necessário construir uma relação equilibrada entre as expectativas e recompensas que se pode obter no trabalho e na carreira. Nesse sentido, investir no capital humano é outro fator que pode colaborar na motivação a curto, médio e longo prazo.

É preciso entender quais ações podem ajudar cada colaboradora individualmente e, então, fomentá-las. Estratégias eficientes incluem cursos de aperfeiçoamento, bônus financeiros, recompensas ao final do ano, melhora do local de trabalho e dias de folga para as mulheres passarem mais tempo com a família, entre outras.

Porém, a profissional também deve ser transparente, demonstrando que seus objetivos são alinhados aos da empresa e que ela trabalhará para potencializá-los. A motivação para mulheres deve ser incentivada de modo a construir relações profissionais onde todos e todas saem ganhando.

Contribui para diversificar os estilos de gestão

A gestão feminina tem crescido cada vez mais. As mulheres têm conquistado seu espaço em cargos de liderança e isso traz ótimos resultados para as organizações.

A liderança feminina não beneficia apenas a empresa, mas também os funcionários. Isso acontece porque a líder e as outras mulheres passam a ter maior percepção sobre sua capacidade de comandar, motivar e influenciar os demais profissionais, o setor e a própria organização.

Ao perceber esse potencial feminino, a motivação no trabalho tende a aumentar. Já para a empresa, essa gestão vem mostrando grandes diferenciais — elas apresentam novas perspectivas, estratégias e considerações sobre o mercado e as relações humanas. Assim, nota-se as grandes vantagens de investir nesse modelo.

Diminui o estresse no ambiente de trabalho

Quanto mais motivação, menor é o estresse no ambiente de trabalho e vice-versa. É importante que as empresas cuidem do local de trabalho dos funcionários e da saúde mental dos mesmos. O setor de Recursos Humanos costuma ser responsável por isso.

Para promover a redução do estresse no trabalho, as organizações podem oferecer diversos serviços aos trabalhadores, como contratar ou ter convênios com profissionais que levem periodicamente técnicas de relaxamento ou que ofereçam algum tipo de atendimento psicológico (individual ou grupal).

Algo que costuma motivar trabalhadores, em geral, é a noção de “pertencimento” que eles podem sentir pela empresa. Trata-se de dar atenção às funcionárias mostrando a importância que elas têm para o funcionamento da organização, o que faz com que elas passem a se identificar e a lutar pelas suas causas e ideais.

Confira algumas dicas importantes para motivar as mulheres no ambiente de trabalho

Dê atenção às particularidades

Ainda hoje existe certo preconceito com trabalhadoras que também são mães, pois se tem a ideia errada de que elas são menos produtivas. No entanto, a verdade é que mulheres que entram na maternidade têm rendimento igual ou até maior do que os demais funcionários.

Para cuidar da motivação dessas profissionais, as organizações precisam mostrar respeito igualitário e compreender que elas têm a quantidade de trabalho dobrada, pois, além de cuidar de suas funções na empresa, também precisam cuidar dos filhos.

A partir da compreensão dessa e de outras particularidades, a organização pode, por exemplo, oferecer à funcionária horários de trabalho mais flexíveis e a possibilidade de executar certas tarefas em casa. Tudo isso aumentará sua motivação e seu rendimento.

Foque na autoestima

Com todos os preconceitos e barreiras enfrentados ao longo da história, e com aqueles que ainda restam até hoje, a autoestima feminina pode ser negativamente afetada, inclusive no campo de trabalho. É comum as mulheres se sentirem inseguras nas organizações, o que as desmotiva para exercer suas funções.

É papel das empresas cuidarem para ampliar e fortalecer a autoestima dessas profissionais, para que elas se sintam motivadas a participar e se empenhar mais. São diversas as técnicas e cuidados que a organização pode prover. Entretanto, é essencial respeitar e mostrar essa valorização às funcionárias.

Promova a igualdade

Outros problemas que afetam a autoestima e a motivação feminina no campo do trabalho são as maiores dificuldades para alcançar promoções, e os salários mais baixos em comparação aos homens. É mais que necessário lutar para mudar esse quadro e instaurar a igualdade.

O preconceito é histórico, e a luta das mulheres por reconhecimento já data de muitas décadas atrás. No entanto, ainda é necessário se atentar para os resquícios de uma sociedade que considerava as mulheres incapazes de exercer determinadas funções.

Todos esses fatores contribuem para motivar mulheres no ambiente de trabalho e, consequentemente, gerar ambientes mais colaborativos e produtivos. E então, pronta para começar? Siga nossas redes sociais — Facebook e YouTube — e fique sempre por dentro de mais assuntos como esse!

Compartilhar.

Sobre o Autor

Cristina Gomes

Deixe Seu Comentário