Como a pirâmide de Maslow aborda a motivação humana

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Abraham Maslow (1908-1970) foi um dos maiores especialistas em motivação humana. Segundo ele, as necessidades humanas estão organizadas em níveis e figuram como uma pirâmide, de acordo com a figura 1:

Fonte: https://blog.luz.vc

Dividida em 5 categorias, temos na base da pirâmide as necessidades mais baixas e no topo as mais elevadas (autorrealização), como veremos a seguir:

1 – Necessidades fisiológicas: são necessidades muito importantes e neste grupo encontramos: necessidade de alimentação (sede e fome), de sono (descanso), abrigo (frio e calor) e necessidades sexuais. Estas necessidades estão relacionadas com questões de sobrevivência e perpetuação da espécie.

2 – Necessidades de segurança: envolvem questões de segurança pessoal, estabilidade, proteção, principalmente no ambiente de trabalho. Se o colaborador se sentir seguro e acolhido, produzirá com maior qualidade.

3 – Necessidades sociais: quando temos as necessidades fisiológicas e de segurança satisfeitas, surgem no comportamento as necessidades sociais. Dentre elas, encontramos a necessidade de participação, associação, de aceitação, amizade, afeto e amor. Se estas não forem atendidas, o ser humano tende a se isolar e sentir solidão.

4 – Necessidade de estima: estão relacionadas à maneira com que o indivíduo se vê e se avalia. Englobam autoapreciação, autoconfiança, necessidade de respeito e aprovação social, prestígio, consideração e status. Quando estas necessidades são satisfeitas, o indivíduo se sente capaz e útil.

5 – Necessidades de autorrealização: são as necessidades mais elevadas e que se encontram no topo da pirâmide. Fazem relação com a realização do potencial próprio e necessidade de se desenvolver continuamente. Esse desejo estimula a se tornar sempre mais do que é e realizar todos os sonhos como ser humano.

Existem alguns aspectos que fundamentam a teoria da hierarquia das necessidades de Maslow, a saber:

– Somente quando um nível inferior for satisfeito é que surgem as necessidades do nível superior.

– Nem todas as pessoas atingem o topo da pirâmide.

– Quando as necessidades de base são satisfeitas, as superiores começam a dominar o comportamento, porém, quando alguma necessidade de base deixa de ser satisfeita, ela volta a predominar.

– Todo indivíduo possui mais de uma motivação.

Vale lembrar que a motivação obedece um ciclo, e quando a necessidade ou desejo é cumprido, voltamos ao estado inicial. (fig. 2)

Fonte: https://meuaio.com/blog

Compartilhar.

Sobre o Autor

Mariely Biff

Professora Universitária e Consultora em Agronegócios no estado de Mato Grosso. Também atua como voluntária da ONG Por1Sorriso e é fundadora da ONG Seja Luz.

Deixe Seu Comentário