4ª edição do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio chega em sua 4ª edição e com data marcada.

 

O EVENTO

O Congresso Nacional Mulheres do Agronegócio prioriza a relevância feminina para o avanço inovador, rentável, sustentável e ético do agronegócio. É a chance de se reunir com mulheres do setor de todo o país para troca de ideias e experiências, sempre com foco no papel da Mulher no Agronegócio Brasileiro.

O evento ocorrerá nos dia 08 e 09 de Outubro de 2019, no Transamerica Expo Center (SP), e conta com uma novidade: a realização simultânea do YAMI – Youth Agribusiness Movement International, evento direcionado à nova geração do agronegócio, para jovens de 18 a 30 anos aproximadamente.

Atendendo a pedidos das participantes das edições anteriores, o evento dedicará a tarde do primeiro dia para apresentar a realidade de cada cultura, promovendo a discussão e a troca de experiências entre os participantes. Serão painéis voltados ao algodão, café, carne, grãos, leite, floresta, hortifruticultura e ao setor sucroenergético.

INSCRIÇÕES

Para participar do evento é necessário fazer a inscrição no site ou pode clicar AQUI.  As inscrições já estão em seu 4º lote e a data limite para as inscrições será até dia 30/09/2019 ou até as vagas acabarem. Para grupos possuem descontos especiais que podem ser conferidos no site do evento.

VISIBILIDADE SE TRANSFORMA EM INSPIRAÇÃO

Com o tema “AGIR – Ação Global: Integração de Redes”, a 4ª edição do CNMA, abordará os diversos elos da cadeia, do campo ao consumidor, e como as interações se tornaram mais dinâmicas com o passar dos anos.

Para honrar os feitos das mulheres no setor o evento apresenta o #MinhaVozNoAgro, um painel no qual 15 convidadas dividirão suas experiências e desafios. O intuito é inspirar e mostrar que é possível vencer neste meio. Elas serão convidadas a subirem ao palco e darem “sua voz no agro”. As interessadas devem fazer a inscrição antecipada pelo site.

Em 2018 a 3ª edição do CNMA bateu recorde de público, foram mais de 1.500 participantes em dois dias de evento, um crescimento de 50% em relação a 2017. “Para este ano nossa expectativa é de bons números novamente. Esperamos chegar à marca de 1.700 congressistas”, destaca a Show Manager do CNMA, Renata Camargo. Para ela, o evento é hoje uma oportunidade única de reunir representantes de todo o país, uma indicação clara de que a mulher busca o protagonismo no setor.

A promoção, organização e realização do CNMA e do YAMI são do Transamerica Expo Center, com apoio institucional da ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio e coordenação de conteúdo da Biomarketing, do Prof. José Luiz Tejon Megido. A BAYER, ABAG e Elanco se unem para valorizar o protagonismo da mulher no campo.

PREMIAÇÃO MULHERES DO AGRO

O evento também confirmou o 2º Prêmio Mulheres do Agro. As inscrições estão abertas até o dia 10 de Setembro, podem ser feitas no site, e a premiação será no dia 09 de Outubro no CNMA.

Reconhecer a importância das mulheres do agro e reforçar que a atuação delas seja cada vez maior e mais eficiente, por isso visam promover histórias de produtoras rurais que atuam na gestão e contribuam para igualdade de gênero no Brasil. O prêmio surgiu a partir do seguinte cenário:

• A ONU Mulheres instituiu como lema para a campanha global de 2018 “O tempo é agora: ativistas rurais e urbanas transformam a vida das mulheres”;

• De acordo com levantamento da ONU, as mulheres representam 43% dos trabalhadores rurais no mundo;

• Segundo pesquisa divulgada pela Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA), 1/3 dos cargos de gerencia nas fazendas são ocupados por mulheres;

 • Mesmo com forte presença no setor agrícola, de acordo com a última pesquisa realizada pela ABAG, cerca de 45% delas relatam ter sofrido algum tipo de preconceito no trabalho

Para mais informações sobre o prêmio acesse o site.

Compartilhar.

Sobre o Autor

Paôla Mírian

Estudante de Agronomia, estagiária em marketing, conteúdo e SEO no Agromulher.

Deixe Seu Comentário